Abel Silva

Nascido em Cabo Frio (RJ), mudou-se aos dois anos de idade para o Rio de Janeiro, onde formou-se em Letras pela Faculdade Nacional. Em 1972 foi editor de cultura do semanário Opinião e em 1973 foi diretor da Revista Anima, onde colaborava com nomes como João Ubaldo Ribeiro, Ferreira Gullar, Glauber Rocha e outros. A partir de 74, quando conheceu o cantor Fagner, para quem escreveu "Asa Partida", passaria a produzir basicamente letras de músicas. Apesar de ter editado três livros - o romance "O Afogado" (71), a coletânea de contos "Açougue das Almas" (74) e as seleções de poemas "Asas" (79), "Ao Pé da Letra" (89), "Mundo Delirante" (92) e "Só uma Palavra Me Devora" (2001) - e de lecionar na Escola de Comunicação da UFRJ e da PUC, Abel Silva acabou ficando mais conhecido como letrista de MPB pois colecionou inúmeros sucessos com os mais variados parceiros, nas vozes de Simone ("Jura Secreta" e "Alma", ambas com Sueli Costa, "Água na Boca", com Tunai e "Raios de Luz", com Cristóvão Bastos - esta também gravada em inglês por Barbra Streisand), Gal Costa ("Festa do Interior", com Moraes Moreira), Ângela Rô Rô ("Simples Carinho", com João Donato), Nana Caymmi ("Brisa do Mar", com João Donato, "Voz e Suor", com Sueli Costa, "Serena", com Cristóvão Bastos), João Bosco ("Desenho de Giz" e "Quando o Amor Acontece", ambas com o próprio), Fagner ("Amor Escondido" e "Sangue e Pudins", ambas com o próprio), entre outros. Abel também compôs com Antônio Adolfo, Ivan Lins, Jards Macalé, Nonato Luiz, Roberto Menescal e Zé Renato.

Discografia

Discos de carreira
Coletâneas
ABEL SILVA AO PÉ DA LETRA

ABEL SILVA AO PÉ DA LETRA

SBK/CBS - 1988
 
 
Abel Silva
 
 
 
 
MetaMusica