Candeia nascimento 17/08/1935 falescimento 16/11/1978

Um dos maiores compositores da Portela, começou a freqüentar rodas de samba em Oswaldo Cruz aos seis anos, pois o pai era sambista e flautista. Mais tarde aprendeu a tocar violão e cavaquinho, sendo integrante da escola de samba Vai Como Pode, que deu origem à Portela. Compôs o primeiro samba-enredo para a nova escola, em 1953, obtendo nota máxima do júri. Em 1961 entrou para a polícia, mas um tiro o obrigou a se afastar e o confinou a uma cadeira de rodas, fato que mudou significativamente sua vida e obra. Seus sambas passam a ser mais introspectivos, como "Peso dos Anos", "Eterna Paz" e "De Qualquer Maneira" ("sentado em trono de rei/ ou aqui nessa cadeira..."). Entre os intérpretes de seus sambas estão Paulinho da Viola, também parceiro, Clementina de Jesus e Clara Nunes. Entre seus sambas mais famosos estão "Preciso Me Encontrar" (gravado por Cartola, e mais tarde por Marisa Monte), "Filosofia do Samba" e "Minhas Madrugadas" (com Paulinho da Viola).

Discografia

Discos de carreira
AXÉ! GENTE AMIGA DO SAMBA

AXÉ! GENTE AMIGA DO SAMBA

Atlantic/WEA - 1978
 
LUZ DA INSPIRAÇÃO

LUZ DA INSPIRAÇÃO

Atlantic/WEA - 1977
 
CANDEIA, SAMBA DE RODA

CANDEIA, SAMBA DE RODA

Tapecar - 1975
 
RAIZ

RAIZ

Equipe - 1971
 
CANDEIA

CANDEIA

Equipe - 1970
 
Extras
Coletâneas
MESTRES DA MPB - CANDEIA

MESTRES DA MPB - CANDEIA

Warner Music - 1993
 
Tributos
ETERNA CHAMA - CANDEIA 20 ANOS

ETERNA CHAMA - CANDEIA 20 ANOS

Perfil Musical - 1998
 
CANDEIA

CANDEIA

Funarte - 1988
 
 
Candeia
 
 
Gêneros
 
 
MetaMusica