Capitão Furtado nascimento 31/08/1907 falescimento 10/11/1979

Sobrinho de Cornélio Pires, pioneiro da difusão da música caipira paulista, começou na Rádio Cruzeiro do Sul, em São Paulo, no final da década de 20, trabalhando como radio-ator, e logo em seguida como compositor. Atuou também na produção de filmes e como coordenador artístico de programas de rádio. O pseudônimo foi adotado em 1932, ano da Revolta Constitucionalista. Mais tarde trabalhou com a dupla Alvarenga e Ranchinho no Rio de Janeiro, compondo músicas e produzindo a dupla. Gravou discos que intercalavam músicas e piadas. Na década de 40 fez versões de músicas estrangeiras e prosseguiu trabalhando com rádio até 1966, ano em que se aposentou. Nos anos seguintes atuou como coordenador da editora musical Fermata e também na área de pesquisa musical.
 
Artistas relacionados
 
 
MetaMusica