Donga nascimento 05/04/1890 falescimento 25/08/1974

Integrante do núcleo embrionário que daria origem ao samba como o conhecemos hoje, nasceu no Rio de Janeiro e sempre freqüentou rodas de samba e candomblé nos terreiros das "tias" baianas que promoviam a música africana no Rio do início do século. Na adolescência começou a tocar cavaquinho e violão. Por volta de 1916 participava das rodas de música na casa da lendária Tia Ciata, ao lado de João da Baiana, Pixinguinha e outros. Em 1917 ocorreu a gravação de "Pelo Telefone", considerado o primeiro samba gravado na história. Registrado em nome de Donga e Mauro de Almeida, até hoje suscita polêmica em relação à autoria: alguns historiadores defendem que Mauro teria apenas feito o registro por escrito, não sendo de fato parceiro de Donga. Em 1919 integrou com Pixinguinha e outros seis músicos o grupo Os Oito Batutas, que em 1922 excursionou pela Europa com o propósito de divulgar a música brasileira. Também fez parte de bandas de jazz, e em 1928 organizou com Pixinguinha a Orquestra Típica Donga-Pixinguinha, que fez importantes gravações para a Parlophon nos anos 20 e 30. Participou com nove composições do disco "Native Brazilian Music", gravado pelo maestro norte-americano Leopold Stokowski e organizado por Villa-Lobos, para o mercado externo, em 1940. A maior parte das músicas de Donga inseridas nessa antologia eram sambas, toadas, macumbas e lundus. No final dos anos 50 voltou a se apresentar com o grupo Velha Guarda, em shows organizados por Almirante.

Discografia

Tributos
A MÚSICA DE DONGA

A MÚSICA DE DONGA

Marcus Pereira - 1974
 
Participações
OITO BATUTAS

OITO BATUTAS

Revivendo - 1994
 
A VELHA GUARDA

A VELHA GUARDA

Sinter - 1955
 
 
Artistas relacionados
 
 
Gêneros
 
 
Matérias
 
 
MetaMusica