Eduardo das Neves falescimento 11/11/1919

Soldado do Corpo de Bombeiros, freqüentava rodas de chorões e boêmios no final do século XIX. Depois de ser expulso da corporação, passou a atuar como palhaço, cantor e violonista de circo no Rio de Janeiro, viajando para vários estados. Foi um dos pioneiros da indústria fonográfica, ao lado de Baiano, Cadete e Mário Pinheiro. Deixou extensa discografia e alguns livros de poesia. Alguns grandes êxitos foram "Estela" (A. Lira/ A. Tavares), "O Aquidabã", "Isto É Bom" (Xisto Bahia), "O Meu Boi Morreu" e "A Conquista do Ar".
 
Artistas relacionados
 
 
MetaMusica