Gastão Formenti nascimento 24/06/1894 falescimento 28/05/1974

Nasceu em uma família italiana que morava em Guaratinguetá (SP), e trabalhou primeiramente como pintor. Já morando no Rio de Janeiro na década de 20, foi com um amigo à Rádio Sociedade e acabou se apresentando, um pouco de improviso, com a canção "Ontem ao Luar" (P. de Alcântara/ Catulo da Paixão Cearense). Seu primeiro disco saiu pela Odeon em 1927, e no ano seguinte emplacou o sucesso "Casa de Caboclo" (H. Tavares/ Chiquinha Gonzaga/ Luís Peixoto). Era também contratado da Rádio Mayrink Veiga e mais tarde da Rádio Clube. Gravou em 1932 um de seus maiores sucessos, "Maringá", de Joubert de Carvalho. Foi intérprete de várias músicas da dupla Joubert de Carvalho e Olegário Mariano, como "De Papo pro Ar", "Zíngara" e "Beduíno". Nos anos 30 teve outros êxitos: "Na Serra da Mantiqueira" (Ari Kerner), "Samba da Saudade" (Ronaldo Lupo/ Saint-Clair Sena), "Coração, Por Que Soluças?" (José Maria Abreu/ S.-C. Sena) e "Não Sei Para que Viver" (S.-C. Sena). Depois de 1941 decide afastar-se da carreira artística, dedicando-se mais à pintura. Ainda participa de gravações esporádicas nos anos 50, totalizando cerca de 300 músicas gravadas em mais de 150 discos de 78 rotações.

Discografia

Discos de carreira
QUADROS MUSICAIS

QUADROS MUSICAIS

RCA Victor - 1959
 
Coletâneas
 
Gastão Formenti
 
 
 
 
MetaMusica