Hanoi-Hanoi

Grupo de rock criado em 1985 no Rio em torno da figura do baixista Arnaldo Brandão, que já havia integrado as bandas Brylho, A Bolha, Blitz e conjuntos de Raul Seixas, Jorge Mautner, Luiz Melodia, Gal Costa e Caetano Veloso. De sua afinidade com o poeta Tavinho Paes nasceu o embrião do Hanoi-Hanoi, que lançou em 1986 o primeiro LP, "Hanoi-Hanoi". O primeiro e maior sucesso foi "Totalmente Demais" (que deu nome a um disco de Caetano), incluído neste disco ao lado de "Blablabla Eu Te Amo" e "Bonsucesso 68". Em 88 saiu "Fanzine", tendo como músicas de trabalho "Plic Plic", "O Tempo Não Pára" (Brandão/ Cazuza) O terceiro disco, "O Ser e o Nada" (EMI), é de 1990 e tanto o título quanto o conceito do disco são emprestados do papa do existencialismo Jean-Paul Sartre. Depois de participar do Rock In Rio II (1991) substituindo o Barão Vermelho, em 1992 veio "Coração Geiger", que não repetiu sucessos anteriores. Em 1995 o CD "Credus" reuniu gravações ao vivo de uma turnê de 1993.

Discografia

Discos de carreira
CREDUS

CREDUS

Spotlight Records - 1995
 
CORAÇÃO GEIGER

CORAÇÃO GEIGER

EMI-Odeon - 1992
 
O SER E O NADA

O SER E O NADA

EMI-Odeon - 1990
 
FANZINE

FANZINE

SBK/CBS - 1988
 
HANOI-HANOI

HANOI-HANOI

RCA Victor - 1986
 
 
Hanoi-Hanoi
 
 
 
 
MetaMusica