Herbert Vianna nascimento 04/05/1961

Vocalista e líder dos Paralamas do Sucesso, nasceu na Paraíba e ainda na infância mudou-se com a família para Brasília. Lá montou o grupo Paralamas do Sucesso, no início dos anos 80, antes de se mudar para o Rio.

A carreira solo de Herbert só começou a acontecer depois de consolidado o sucesso dos Paralamas. Em 1992 lançou "Ê Batumarê", uma produção quase caseira. "Santorini Blues", gravado em Los Angeles, foi lançado em 97, num formato basicamente acústico. "O Som do Sim", de 2000, foi o mais bem produzido e contou com participações ilustres, como Cássia Eller, Nana Caymmi, Sandra de Sá, Marcos Valle.

Como produtor, Herbert trabalhou com três discos do grupo Plebe Rude: "O Concreto Já Rachou" (86), "Nunca Fomos Tão Brasileiros" (87) e "Enquanto a Trégua Não Vem (Ao Vivo)" (2000). Tem também muitas composições gravadas por outros intérpretes, como "Caleidoscópio" (por Dulce Quental), "Nada por Mim" (por Marina Lima) e "Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim" (parceria com Paulo Sérgio Valle, gravada com êxito por Ivete Sangalo).

Em fevereiro de 2001 sofreu um grave acidente de ultraleve em Mangaratiba (RJ) que vitimou sua esposa Lucy e o deixou em coma. O músico ficou paraplégico e perdeu parte da memória depois do acidente. Porém, em um processo de recuperação gradual, retomou sua carreira e gravou três álbuns com o Paralamas do Sucesso: Longo Caminho (2003, preparado antes do acidente), Uns Dias ao Vivo (2004, ao vivo) e Hoje (2005, primeiro de inéditas).

Discografia

Discos de carreira
O SOM DO SIM

O SOM DO SIM

EMI Brasil - 2000
 
SANTORINI BLUES

SANTORINI BLUES

EMI Brasil - 1997
 
Ê BATUMARÉ

Ê BATUMARÉ

EMI Brasil - 1992
 
 
Herbert Vianna
 
 
Artistas relacionados
 
 
Gêneros
 
 
MetaMusica