Hermínio Bello de Carvalho nascimento 28/03/1935

Agitador cultural, poeta, produtor musical, compositor e descobridor de talentos, desde cedo, Hermínio Bello de Carvalho conviveu de perto com a música e com os músicos brasileiros. Em 1958, escrevia programas educativos para a Rádio MEC, todos ligados à música, como Concertos para a Juventude. Em 1962, publicou seu primeiro livro de uma série de cerca de 20 que viriam depois, entre eles poesias e crônicas dos personagens da MPB. Em 1964, com a inauguração do bar Zicartola, no Rio de Janeiro, aproximou-se de Cartola e de alguns de seus futuros parceiros como Paulinho da Viola, Elton Medeiros e Mauricio Tapajós, com quem fez sua primeira música, "Mudando de Conversa". O ano seguinte foi pródigo. Hermínio apresentou ao público uma empregada doméstica que um dia descobrira cantando numa taberna na Glória: Clementina de Jesus. Nesta época, produziu o antológico show "Rosa de Ouro", que, além de Clementina, trazia os então iniciantes Paulinho da Viola, Elton Medeiros e Nelson Sargento. Com Edu Lobo, agrupou Nara Leão, Caetano Veloso e Torquato Neto no show "Feira de Música Popular". Seu leque de parceiros é amplo: Cartola ("Alvorada", também com Nelson Cavaquinho), Jacob do Bandolim ("Noites Cariocas"), Paulinho da Viola ("Sei Lá, Mangueira"), Chico Buarque ("Chão de Esmeraldas", que ganhou na categoria melhor samba do Prêmio Sharp de 1997), entre outros. Produziu mais de 100 discos, como os de Radamés Gnattali, Dalva de Oliveira, Pixinguinha e Elizeth Cardoso. Hermínio foi o primeiro a produzir discos de Cartola, Nelson Cavaquinho e Carlos Cachaça. Deixou a Funarte em 1989 após 13 anos no cargo de diretor adjunto da Divisão de Música Popular Brasileira. Neste período, esteve à frente dos seguintes projetos: Almirante, de recuperação de arquivos e gravação de discos pouco comerciais; Lúcio Rangel, de biografias de MPB; e, o mais conhecido, o Pixinguinha, de shows, uma reedição nacional do Projeto Seis e Meia, que reuniu duplas inesquecíveis para cantar pelo país. Foi membro fundador do Conselho de Música Popular do Museu da Imagem e do Som (MIS). Em 1978 recebeu o Troféu Estácio de Sá, do MIS, por ter sido a personalidade que mais prestou serviços à musica naquele ano. Apresentou na TVE o musical "Água Viva", de 1976 a 1977 e de 1981 a 1983.

Discografia

Coletâneas
Tributos
CANTORIA

CANTORIA

Saci - 1995
 
PASTORES DA NOITE

PASTORES DA NOITE

Tapecar - 1978
 
SEI LÁ

SEI LÁ

EMI-Odeon - 1974
 
JOÃO, AMOR E MARIA

JOÃO, AMOR E MARIA

Mocambo - 1966
 
 
Hermínio Bello de Carvalho
 
 
Gêneros
 
 
MetaMusica