Ivor Lancellotti

O compositor Ivor Lancelloti iniciou sua carreira profissional depois de participar com sucesso do Festival Universitário promovido pela TV Tupi em 1972. A música era "Estrada", cantada por Marisa Gatta Mansa, que anos mais tarde gravaria "Chuva, Gente e Carnaval". Dois anos depois, Elizeth Cardoso gravou "Vai Ser Tão Fácil" (regravada por Beth Carvalho, em 1988). No ano seguinte, Clara Nunes registrou o samba-canção "Às Vezes Faz Bem Chorar". O primeiro show de Ivor, "Encontro de Amor", porém, aconteceria apenas em 1978, ao lado de Marisa Gatta Mansa, no Teatro da Galeria. Ivor já lançou dois discos e alguns compactos, contendo temas de novelas. Também foi gravado por Roberto Carlos ("Abandono"), João Nogueira ("De amor e coisas amigas"), Nana Caymmi e Alcione ("Velha Cicatriz (Convite)"), Joanna ("Amor Alheio"), Cauby Peixoto ("Como É que Pode?"), Angela Maria ("Trocando Venenos") e Beth Carvalho ("Talismãs"). Sua intérprete mais constante foi Clara Nunes, que gravou diversas de suas músicas, dentre as quais seu maior sucesso, o samba-canção "Sem Companhia", que foi regravado por Nana Caymmi, Nelson Gonçalves e Alcione. Ivor continua se apresentando em pequenos espaços em shows intimistas, por vezes, ao lado da cantora Áurea Martins.

Discografia

Discos de carreira
IVOR LANCELLOTTI

IVOR LANCELLOTTI

Dabliú - 2000
 
IVOR LANCELLOTTI

IVOR LANCELLOTTI

Independente - 1990
 
CANTADOR DE RUA

CANTADOR DE RUA

EMI-Odeon - 1986
 
 
Artistas relacionados
 
 
MetaMusica