Joubert de Carvalho nascimento 06/03/1900 falescimento 20/09/1977

Mineiro de Uberaba, logo foi para São Paulo com a família. Mais tarde mudou-se para o Rio de Janeiro, onde se formou em medicina. Apesar de exercer a profissão de médico (tendo introduzido no Brasil a medicina psicossomática), desde muito cedo começou a compor ao piano e a publicar suas músicas, que faziam sucesso entre os editores. A primeira composição foi "Cruz Vermelha", escrita aos 10 anos ainda em São Paulo e que teve a renda revertida para a instituição homenageada. Em 1922 seu fox "Príncipe" foi levado para a França, onde foi editado e teve grande êxito. No Brasil, depois de musicar letras famosas de Olegário Mariano, como "Cai Cai, Balão" e "Tutu Marambá", conheceu a consagração no carnaval de 1930, com a gravação da novata Carmen Miranda de "Taí (Pra Você Gostar de Mim)", realizada em meados de 1929. Seu outro enorme sucesso foi com a canção "Maringá", composta em 1932 para o tema da seca do nordeste brasileiro, e que se tornou popular em todo o país na gravação de Gastão Formenti, inspirando inclusive os colonos que construíam uma cidade no norte do Paraná, e que, fundada em 1947, levou o nome de Maringá. Outros sucessos foram "De Papo Pro Ar" (com Olegário Mariano) e "Pierrô" (com Pascoal Carlos Magno). Joubert de Carvalho possui obra extensa, avaliada em mais de 700 músicas editadas. Além de Carmen, outros intérpretes que gravaram Joubert foram Gastão Formenti, Carlos Galhardo e Francisco Alves.
 
Joubert de Carvalho
 
 
Artistas relacionados
 
 
MetaMusica