Kléber Albuquerque

Paulista de Santo André, começou na vida artística profissional apresentando-se em festivais do interior do estado, sagrando-se vencedor em alguns deles. Antes disso flertou com o rock, integrando a banda O Palhaço, que misturava rock e teatro. Em um dos festivais de que participou chamou a atenção de um jurado com a música "Barriga de Fora". O jurado era produtor musical, e o resultado foi a estréia de Kléber em disco: "17.777.700", que vem a ser o número de sua carteira de identidade, lançado pela Dabliú em 1997. Três anos mais tarde veio seu segundo CD, "Para Inveja dos Tristes", pela mesma gravadora. Apostando em composições próprias, num estilo que vagueia entre o pop, o rock e a MPB tradicional, chegou à fase final do Festival da Música Brasileira, promovido pela Rede Globo em 2000, com a música "Xi! De Pirituba a Santo André", parceria sua com Rafael Altério. Participou do projeto "Umdoumdoum" ao lado dos compositores Luiz Gayotto, Madan e Élio Camalle, de produção do primeiro disco do milênio, gravado no réveillon 2000-2001.

Discografia

Discos de carreira
PARA A INVEJA DOS TRISTES

PARA A INVEJA DOS TRISTES

Dabliú - 2000
 
17.777.700

17.777.700

Dabliú Discos - 1997
 
 
Kléber Albuquerque
 
 
MetaMusica