Leonel Azevedo nascimento 27/07/1905 falescimento 15/10/1980

Carioca, estudou piano durante a juventude, quando começou a fazer amizades com artistas das rádios Sociedade e Clube do Brasil. Sua primeira composição foi "Chora Coração", de 1930. Fez teste para cantor na Rádio Philips em 1935 e entrou para o elenco do programa Hora do Outro Mundo, em companhia de Ary Barroso e Aracy de Almeida. Foi então que conheceu J. Cascata, seu parceiro mais constante. Os dois cantavam no programa Hora Sertaneja e compunham músicas especialmente para as apresentações. O maior sucesso da dupla foi "Lábios que Beijei", na voz do "cantor das multidões" Orlando Silva, gravado com arranjo de Radamés Gnattali em 1937. Outros êxitos foram "Juramento Falso", "Não Pago o Bonde", "História Joanina", "Mágoas de Caboclo", "Vamos Sonhar", "Apanhei um Resfriado". Entre os intérpretes que gravaram suas composições destacam-se Sílvio Caldas, Elizeth Cardoso, Almirante, Nelson Gonçalves e Miltinho. Em 1962, um ano depois da morte de J. Cascata, Leonel retirou-se da vida artística. Nessa década, amigos e admiradores do compositor gravaram 5 LPs independentes, com o título comum "Estórias de Amor", agrupando sua obra nas vozes de cantors como Zezé Gonzaga, Nuno Roland, Gilberto Milfont, Onésimo Gomes, Roberto Paiva, Rosita González e Albertinho Fortuna, entre outros, acompanhados por músicos como Luperce Miranda, Altamiro Carrilho e Regional do Canhoto. Esses discos, e mais o LP "Leonel -- 40 Anos de Música Brasileira", de 1976, foram editados em 3 CDs pelo selo Revivendo em 1999 com o mesmo título, "Estórias de Amor".
 
Artistas relacionados
 
 
MetaMusica