Lincoln Olivetti nascimento 17/04/1954

Fluminense de Nilópolis, começou a estudar piano ainda na infância, e já aos 13 anos montou seu próprio conjunto para animar os bailes do subúrbio, o que lhe deu vivência e conhecimento dos mais diversos estilos musicais. Na universidade, começou os cursos de música e engenharia eletrônica, e, apesar de não ter concluído nenhum dos dois, baseou seu trabalho na utilização da eletrônica a serviço da música, ramo em que foi um dos pioneiros. Morou por algum tempo em São Paulo, onde conheceu Vanusa e Antônio Marcos, com quem trabalhou. Na década de 80 sua atuação como produtor e arranjador foi bastante destacada, em especial na música pop. Lincoln foi o arranjador das grandes estrelas da MPB: Gal Costa, Gilberto Gil, Tim Maia, Jorge Ben, Rita Lee, Roberto Carlos, Caetano Veloso, Maria Bethânia, Ângela Rô Rô, Zizi Possi, Fagner, Wando e Joana são alguns exemplos. Se por um lado nessa época Lincoln desfrutava do sucesso comercial, por outro atraiu críticas, que o responsabilizavam pela "pasteurização" do gênero. Por sua intensa produção, ganhou epítetos como "o feiticeiro dos estúdios" ou "o mago do pop". Como intérprete e compositor, participou de grupos na juventude e depois montou uma dupla com o guitarrista Robson Jorge, com quem chegou a gravar discos. Na década de 90 amargou um período de ostracismo, sendo "resgatado" no final da década por artistas como Ed Motta e Lulu Santos.

Discografia

Discos de carreira
ROBSON JORGE E LINCOLN OLIVETTI

ROBSON JORGE E LINCOLN OLIVETTI

Som Livre - 1982
 
Arranjador
ANDRÉ GABEH

ANDRÉ GABEH

Som Livre - 2002
 
 
Lincoln Olivetti
 
 
MetaMusica