Luiz Reis nascimento 31/03/1926 falescimento 09/02/1980

Pianista e compositor maranhense, radicou-se no Rio de Janeiro com a família aos 6 anos. Aprendeu vários instrumentos, piano, violão, pandeiro, bateria, e aos 17 anos mudou-se para Minas Gerais, onde tocava percussão e depois piano em um conjunto. Trabalhou em cabarés e escolas de dança e voltou ao Rio de Janeiro em 1944, onde recebeu de Nássara o apelido "Cabeleira". A partir de então passou a trabalhar também como jornalista, sem abandonar a música. Seu parceiro mais freqüente foi Haroldo Barbosa, com quem compôs a primeira música, "Projeção" (gravada por Elizeth Cardoso), e ainda "Notícia de Jornal", "Nossos Momentos", "Tudo É Magnífico" e o maior sucesso da dupla, "Palhaçada", também conhecido como "Cara de Palhaço", grande êxito na voz de Miltinho. Este cantor lançou os maiores sucessos do compositor: "Só Vou de Mulher", "Devagar com a Louça" e "Meu Nome É Ninguém". O primeiro LP solo de Luiz Reis saiu em 1962, "Samba de Balanço", e mais tarde gravou "Samba a Quatro Mãos" (1964) ao lado de João Roberto Kelly. Apaixonado por turfe, como o amigo e parceiro Haroldo Barbosa, escrevia uma coluna sobre o assunto no jornal "Diretrizes". Gravado por Miltinho, Elizeth, Nana Caymmi, Elza Soares, Dóris Monteiro e tantos outros, mais sucessos de sua lavra são "Notícia de Jornal", "Nossos Momentos", "Canção da Manhã Feliz", "Moeda Quebrada", "O Leite das Crianças", "Tudo É Magnífico" e "O Bloco dos Sujos".

Discografia

Discos de carreira
 
 
 
MetaMusica