Mário Pinheiro falescimento 10/01/1923

Um dos cantores pioneiros das gravações de discos de gramofone no Brasil, no início do século, foi contratado pela Casa Edison, que o transformou no principal anunciador de discos. Estudou canto lírico na Itália, chegando a se apresentar no Scalla de Milão. Participou da inauguração do Teatro Municipal do Rio de Janeiro em 1909, e mais tarde destacou-se como cantor popular, cantando lundus, modinhas e valsas. Alguns de seus sucessos foram "Luar do Sertão" (Catulo da Paixão Cearense/ João Pernambuco), "O Boêmio" (Anacleto de Medeiros/ Catulo da Paixão Cearense), "Primeiro Amor".
 
Gêneros
 
 
Matérias
 
 
MetaMusica