Mestre Marçal falescimento 09/04/1994

Filho do percussionista, sambista e fundador da escola de samba Estácio Armando Vieira Marçal e pai do também percussionista Marçalzinho, Mestre Marçal foi um dos mais consagrados mestres de bateria e percussão da música brasileira, uma quase unanimidade entre os músicos. Começou tocando tamborim na escola Recreio de Ramos, em seguida foi para a Unidos da Capela, Império Serrano e Portela, onde ficou por mais de 20 anos mas saiu em 1980, depois de desentendimentos com o presidente da escola. Passou alguns meses na Viradouro e desfilou pela Mangueira. Fora do universo das escolas de samba, foi presença constante em estúdios de gravação. Participou de todos os discos de Beth Carvalho, tocou com Chico Buarque, Alcione e praticamente todos os grandes nomes da MPB. Gravou oito discos individuais, onde, além de percussionista e compositor, atuava também como cantor, emprestando à voz suas habilidades rítmicas por meio de inusitadas e criativas divisões. Mestre Marçal gravou sambas como "A Primeira Vez", "Meu Primeiro Amor", "Que Bate-fundo É Esse?", "Meu Sofrer", "Agora É Cinza" (da dupla Bide/ Marçal, o pai). Ganhou o título de Cidadão Samba em 1982.

Discografia

Discos de carreira
ENTRE AMIGOS

ENTRE AMIGOS

BMG Ariola - 1990
 
PELA SOMBRA

PELA SOMBRA

BMG Ariola - 1989
 
SEM MEU TAMBORIM NÃO VOU

SEM MEU TAMBORIM NÃO VOU

Polydor - 1987
 
SENTI FIRMEZA

SENTI FIRMEZA

Barclay/Polygram - 1986
 
RECOMPENSA

RECOMPENSA

Barclay - 1985
 
MARÇAL INTERPRETA BIDE E MARÇAL

MARÇAL INTERPRETA BIDE E MARÇAL

EMI-Odeon - 1978
 
Participações
NIRA GONGO - CONJUNTO BALUARTES

NIRA GONGO - CONJUNTO BALUARTES

Okeh/CBS - 1976
 
 
Mestre Marçal
 
 
MetaMusica