Oscar Bolão nascimento 06/02/1954

Baterista e percussionista nascido e criado no Rio de Janeiro, Oscar Luiz Werneck Pellon começou a se interessar por percussão na adolescência, quando passou a freqüentar ensaios das escolas de samba. Sua formação profissional foi com Luiz Anunciação e Luciano Perrone, cuja escola de bateria segue. Estreou profissionalmente em 1974 no conjunto Coisas Nossas, especializando-se no repertório de Noel Rosa. Mais tarde tocou com grandes nomes da música brasileira, como Elza Soares, Elizeth Cardoso, Aracy de Almeida, Dorival Caymmi, Lenine e muitos outros. Também integrou orquestras e cameratas de conotação mais erudita, como a Orquestra de Cordas Brasileiras, Orquestra de Música Brasileira (de Roberto Gnattali), Banda de Câmara Anacleto de Medeiros, Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica Nacional, entre outras. Tem experiência também música erudita contemporânea, e teve duas peças escritas por Tim Rescala especialmente para ele: "Concerto Para Dois Pandeiros e Cordas" e "Drummer Drama", para bateria e bateria eletrônica. Atuou em musicais de sucesso, como "Dolores" (sobre Dolores Duran), "Metralha" (sobre Nelson Gonçalves), "Somos Irmãs" (sobre Linda e Dircinha Batista) e outras produções. Atualmente integra o conjunto Pife Muderno e um trio com o clarinetista Paulo Sergio Santos e o violonista Caio Márcio. É convidado com freqüência para dar workshops de percussão e bateria em todo o Brasil.

Discografia

Discos de carreira
BACK 2 BAHIA

BACK 2 BAHIA

YBrazil?Music - 2002
 
Participações
CARLOS MALTA E PIFE MUDERNO

CARLOS MALTA E PIFE MUDERNO

Rob Digital - 1999
 
COISAS NOSSAS

COISAS NOSSAS

Coisas Nossas/Independente - 1982
 
 
Oscar Bolão
 
 
 
 
MetaMusica