Sylvia Telles nascimento 27/08/1934 falescimento 17/12/1966

Cantora e compositora identificada com a bossa nova, começou a carreira antes de o movimento se consolidar. Já em 1952 pensava em ser cantora. Por volta de 1955 começou a se apresentar em teatros e nesse ano gravou o primeiro compacto, com "Amendoim Torradinho" (Henrique Beltrão) e "Desejo" (Garoto/ José Vasconcelos/ Luiz Claudio). Em 1956 lançou um 78 rotações com "Foi a Noite" (Tom Jobim/ Newton Mendonça), considerado um marco precursor da bossa nova. Na outra face do disco, "Menina", de em Carlos Lyra também iniciante. Um ano depois lançou seu primeiro LP, "Carícia", que trazia "Se Todos Fosse Iguais a Você" (Tom Jobim/ Vinicius) e "Chove Lá Fora" (Tito Madi), entre outras. Com o disco "Amor de Gente Moça", de 1959, tornou-se a primeira cantora profissional a lançar um disco inteiro de bossa nova. O LP continha algumas canções que se tornaria clássicos, como "Dindi" (Tom Jobim/ Aloysio de Oliveira), "A Felicidade" (Jobim/ Vinicius de Moraes) e "Só em Teus Braços" (Jobim). Nos anos 60 viajou pelos Estados Unidos e gravou discos sempre ligados aos compositores de bossa nova. Morreu em um desastre de automóvel quando se preparava para viajar aos EUA mais uma vez.
 
 
 
Gêneros
 
 
MetaMusica