Vicente Barreto

Compositor baiano, nascido em Salgadelha, vilarejo de Conceição do Coité, começou a tocar na adolescência, integrando a orquestra da cidade de Serrinha. A primeira música de sua autoria que foi gravada foi "Baião de Quinji", pelo Quinteto Violado. Lançou um compacto em 1974, com as músicas "Ça Mãe, Ça Pai" e "Janelas Caindo", sem grande repercussão. Mais tarde ligou-se ao compositor Tom Zé, que se tornou seu parceiro em músicas dos discos "Estudando o Samba" (1976) e "Correio da Estação do Brás" (1978). São também parceiros da recente "Vaia de Bêbado Não Vale". Apesar de pouco conhecido, já lançou oito discos individuais em sua carreira, mas é mais conhecido por suas parcerias. Entre seus parceiros estão Elton Medeiros, Vinicius de Moraes, Gonzaguinha, Carlos Pita, Paulo César Pinheiro, Celso Viáfora e Alceu Valença, com quem divide a autoria do mega sucesso "Morena Tropicana" e ainda de "Cabelo no Pente", "Pelas Ruas que Andei", "Pirapora" e outras. Lançou o sétimo disco, "Mão Direita", em 1997, basicamente explorando seu lado violonista. Em 2000 veio "E a Turma Chegando pra Dançar", em que utiliza recursos de computadores e faz amplo uso de guitarras.

Discografia

Discos de carreira
E A TURMA CHEGANDO PRA DANÇAR

E A TURMA CHEGANDO PRA DANÇAR

Dabliú Discos - 1999
 
MÃO DIREITA

MÃO DIREITA

Dabliú Discos - 1996
 
ANO BOM

ANO BOM

Dabliú Discos - 1995
 
NAÇÃO BRASILEIRA

NAÇÃO BRASILEIRA

Copacabana - 1986
 
RASGANDO A SEDA

RASGANDO A SEDA

WEA - 1983
 
VICENTE BARRETO

VICENTE BARRETO

Continental - 1981
 
ASSIM TÃO MOÇO

ASSIM TÃO MOÇO

Phonodisc - 1980
 
Coletâneas
O MELHOR DE VICENTE BARRETO

O MELHOR DE VICENTE BARRETO

Dabliú Discos - 2001
 
 
Artistas relacionados
 
 
MetaMusica