Violeta Cavalcante nascimento 01/07/1923

Nasceu em Manaus, e mudou-se com a família para o Rio de Janeiro ainda na infância. Participou do programa de calouros de Ary Barroso e passou a se apresentar em outras emissoras de rádio, como Tupi, Ipanema e Nacional, onde ficou de 1941 a 1957. Gravou discos basicamente de sambas e marchas carnavalescas, fazendo sucesso nas décadas de 40 e 50. Em 1957 casou-se e abandonou a vida artística, voltando à cena 20 anos mais tarde, em um show ao lado de Paulinho da Viola. Participou de álbuns de tributo, como "Ary Barroso - 90 Anos" e "Velhos Sambas, Velhos Bambas" e se apresentou, na década de 90, junto de outros artistas da era do rádio, como Nora Ney, Carmélia Alves, Ellen de Lima e Zezé Gonzaga, com quem formou o grupo As Eternas Cantoras do Rádio.
 
 
 
MetaMusica