Waldemar Henrique nascimento 15/02/1905 falescimento 29/03/1995

Nasceu em Belém do Pará, filho de um descendente de portugueses e de uma índia. Depois de perder a mãe muito cedo, foi com o pai para Portugal, retornando ao Brasil em 1918. A partir de então viajou pelo interior da Amazônia, época em que travou contato com os elementos da cultura e do folclore amazônicos que seriam mais tarde característicos de sua obra musical. Estudou teoria musical e tornou-se maestro. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1933, e empregou-se em teatros, cassinos e emissoras de rádio, como a Tupi, Roquete Pinto e Globo. As primeiras gravações de suas canções amazônicas foram realizadas em 1934 por Gastão Formenti pela Victor e por Jorge Fernandes, pela Odeon. No ano seguinte, em viagem a São Paulo, conheceu Mário de Andrade, de quem tornou-se amigo. Fez diversas excursões ao exterior e por todo o país divulgando a música do norte brasileiro, acompanhado de sua irmã Mara, até que em 1966 voltou ao Pará, quando foi convidado para dirigir o Teatro da Paz, em Belém, cargo que exerceu por 15 anos. Compondo tanto no terreno clássico quanto no popular, teve entre seus maiores sucessos a gravação de sua música "Tamba Tajá" feita por Fafá de Belém em seu disco de estréia, de 1976. Outras músicas que se destacaram em sua produção foram "Foi Boto, Sinhá", "Minha Terra", "Boi-Bumbá", "Matintaperera", "Coco Peneruê", "Trem das Alagoas", "Uirapuru". Fora isso, muitas composições foram editadas no exterior, especialmente na França, EUA, Argentina e Inglaterra. Em 1992, os paraenses Vital Lima e Nilson Chaves gravaram o LP "Waldemar", só com músicas do compositor, e lançaram pelo selo Outros Brasis.

Discografia

Tributos
WALDEMAR - NILSON CHAVES e VITAL LIMA

WALDEMAR - NILSON CHAVES e VITAL LIMA

Outros Brasis - 1994
 
 
Artistas relacionados
 
 
MetaMusica