ARTHUR MAIA & HIRAM BULLOCK - BLACK FUSION BAND AO VIVO

Arthur Maia (2000)

2000
Crítica

Cotação:

Gravado no Mistura Fina, no início de 1998, este disco reune o baixista nativo Arthur Maia e o importado Hiram Bullock, que, por incrível que pareça, nasceu em Osaka, Japão, mas migrou aos 2 anos com a família para Baltimore, Maryland, EUA. Guitarrista/baixista que começou no sax, ele já tocou com uma lista telefônica do jazz e do pop, incluindo de Miles Davis e James Brown a Barbra Streisand, Burt Bacharach, Billy Joel, David Sanborn, Paul Simon e Eric Clapton. O nosso Maia também não fica atrás como acompanhante de estrelas (Gal Costa, Lulu Santos, Gilberto Gil, Ivan Lins, Luiz Melodia, Jorge Ben Jor, Caetano Veloso, Roberto Carlos, Martinho da Vila) e músico dos grupos Varanda, Garage, Pulsar, Banda Black Rio, entre outros. A dupla encontra-se em algum ponto da fusão soul/samba/hip hop com William Magalhães (teclados), Sandro Guimarães (sax), Adriano Trindade (bateria), Trick (trompete) e Wanderley Silva (percussão).

A balada soul Alívio, parceria de Maia com Djavan abre bem os trabalhos com um tempero do sax injetando suingue. Salsamba (de Maia) , conforme indica o nome, tenta uma fusão manjada, tumbada por congas. Maia acopla voz e instrumento e Bullock tira uma chinfra na guitarra citando a beatle Eleanor Rigby. O japamericano pergunta à platéia se quer boogie e descasca um lentão I Sing The Blues (Savoy Brown), com direito a exibição da extensão gutural do vocal. Hurricane, do próprio, tem outra vez o lado cantor - de garganta enrouquecida - de Bullock sobre um tema levemente funkiado. Mas é em Grooveland (Paulo Braga) que o ritmo picado come solto, bateria no contrapé, incursões no rap, repique de escola de samba, efeito de voz no canal do baixo e até uma citação do hino do Botafogo pelo baixista, adepto do alvinegro. Teen Town, tema fusion, evoca seu autor o doidaço e gênio Jaco Pastorious, o Jimi Hendrix do baixo elétrico. Color Me (Bullock) é a balada baba do roteiro, que fecha para balanço na malandra Condição (Lulu Santos), de letra calcada no mote dos camelôs de rua, com um um desempenho da dupla central que aponta para um rendimento maior da Black Fusion após alguns ensaios & ajustes.(Tárik de Souza)
Faixas
Ouvir todas em sequência
1 Alívio Ouvir
(Arthur Maia, Djavan)
2 Salsamba Ouvir
(Arthur Maia)
3 Sing the blues Ouvir
(Savoy Brown)
4 Hurricane Ouvir
(Hiram Bullock)
5 Grooveland Ouvir
(Paulo Braga)
6 Teen town Ouvir
(Jaco Pastorius)
7 Color me Ouvir
(Hiram Bullock)
8 Condição Ouvir
(Lulu Santos)
 
ARTHUR MAIA & HIRAM BULLOCK - BLACK FUSION BAND AO VIVO
 
 
MetaMusica