NOITES DO NORTE AO VIVO

Caetano Veloso (2001)

2001
Crítica

Cotação:

Não chega a ser surpresa o fato de o incensado show Noites do Norte ter rendido um álbum ao vivo - o quarto registro do tipo que Caetano Veloso lança em menos de dez anos. O que surpreende mais é o formato do trabalho, uma exaustiva recuperação do espetáculo em seu formato integral (dando mais de duas horas de audição, em um CD duplo). Se a intenção de Caetano era fazer com que o ouvinte "carregasse para casa" seu show, o tiro pode ter saído pela culatra. Noites do Norte ao Vivo no palco era uma coisa; em disco é outra bem diferente. Caê logrou elogios unânimes com o show, por suas reconstruções sonoras, pela unidade teórica dada pelos textos de Joaquim Nabuco, por suas ousadas posturas cênicas. No disco isso tudo se dilui, e o que há de novidade (os novos arranjos para canções antigas, às vezes bem radicais) soa quase indigesto às vezes. Moral da história: polaróide de um espetáculo que marcou época na carreira do compositor, o CD duplo parece "desbotado", sem a vivacidade que impressionou tanta gente.

Isso é verdade especialmente em relação ao primeiro disco, com 16 faixas enfileiradas de arranjos ultra-econômicos (quase secos), movidos pelo violão e voz de Caetano, a presença do cello de Jaques Morelembaum e uma ou outra guitarra. As músicas se sucedem num tom lúgubre, chegando ao ápice em Haiti. As coisas se animam um pouco quando Caetano se aproxima do pop (O Último Romântico, Como uma Onda) ou soa mais lúdico (Cobra Coral), quebrando a soturnidade. É interessante reouvir algumas pérolas esquecidas do repertório do baiano (Araçá Blue, Two Naira Fifty Kobo), mas não dá para dizer o mesmo da caricatural Rock'n'Raul. O segundo álbum funciona melhor, investindo num repertório mais leve e suingado, com uma participação maior dos músicos. Caetano já começa desarmando o ouvinte ao emendar o funk Tapinha em Dom de Iludir, a sobriedade contrastando com a galhofa. Essa surpresa não é a única da segunda metade do álbum. Em Caminhos Cruzados, Caetano joga a bossa nova no Candeal, com um arranjo que privilegia a percussão; novas aproximações com a bossa, cheia de frescor, vêm em Samba de Verão e Eu e A Brisa. Ele reencontra-se com o pop, mas sem forçar, com Língua; recria com precisão, sem excessos algumas de suas melhores composições (Cajuína, Trem das Cores, Tigresa, Tropicália) e resgata das garras de Cássia Eller a ótima Gatas Extraordinárias.(Marco Antonio Barbosa)
Faixas
Ouvir todas em sequência

DISCO 1

1 Two naira fifty kobo Ouvir
(Caetano Veloso)
2 Sugar cane fields forever Ouvir
(Caetano Veloso)
3 Noites do norte Ouvir
(Caetano Veloso)
Música de Caetano Veloso sobre texto de Joaquim Nabuco

4 13 de maio Ouvir
(Caetano Veloso)
5 Zumbi Ouvir
(Jorge Ben)
7 O último romântico Ouvir
(Sérgio Souza, Antonio Cícero, Lulu Santos)
8 Araçá blue Ouvir
(Caetano Veloso)
9 Nosso estranho amor Ouvir
(Caetano Veloso)
10 Escândalo Ouvir
(Caetano Veloso)
11 Cobra coral Ouvir
(Caetano Veloso)
Música de Caetano Veloso sobre texto de Waly Salomão

12 Como uma onda (zen surfismo) Ouvir
(Nelson Motta, Lulu Santos)
13 Mimar você Ouvir
(Gilson Babilônia, Alain Tavares)
14 Magrelinha Ouvir
(Luiz Melodia)
15 Rock 'n' Raul Ouvir
(Caetano Veloso)
16 Zera a reza Ouvir
(Caetano Veloso)

DISCO 2

17 Dom de iludir Ouvir
(Caetano Veloso)
Citação de "Tapinha", composta por Naldinho

18 Caminhos cruzados Ouvir
(Antonio Carlos Jobim, Newton Mendonça)
19 Tigresa Ouvir
(Caetano Veloso)
20 Trem das cores Ouvir
(Caetano Veloso)
21 Samba de verão Ouvir
(Paulo Sérgio Valle, Marcos Valle)
22 Menino do Rio Ouvir
(Caetano Veloso)
23 Meu Rio Ouvir
(Caetano Veloso)
24 Gatas extraordinárias Ouvir
(Caetano Veloso)
25 Língua Ouvir
(Caetano Veloso)
26 Cajuína Ouvir
(Caetano Veloso)
27 Gente Ouvir
(Caetano Veloso)
Citação de "Parabéns a você" ("Happy birthday to you") composta por Mildred J. Hill e Patty S. Hill

28 Eu e a brisa Ouvir
(Johnny Alf)
29 Tropicália Ouvir
(Caetano Veloso)
30 Meia lua inteira Ouvir
(Carlinhos Brown)
31 Tempestades solares Ouvir
(Caetano Veloso)
32 Menino Deus Ouvir
(Caetano Veloso)
 
NOITES DO NORTE AO VIVO
 
 
MetaMusica