TUDO BONITO

Joyce / João Donato (2000)

2000
Crítica

Cotação:

Se não tivesse sofrido um corte após o golpe de 1964 (com a asfixia do mercado exportando tantos talentos), a bossa nova possivelmente teria seguido rumos como o desse disco que não procura uma integração com a música eletrônica como o de Bebel Gilberto. Embora a cantora/ compositora/ instrumentista Joyce, até por uma questão etária, não tenha integrado a fase áurea do movimento, sua dicção musical deriva das síncopes de uma bossa mais suingada, praticada por seu parceiro no disco, o pianista João Donato, que participa de sete faixas. O outro pilar sonoro da gravação, o sax/clarinetista Paulo Moura passou por vários gêneros, do clássico à gafieira e ao choro, mas também bebeu na bossa integrando o sexteto de Sérgio Mendes ainda na fase Beco das Garrafas. Tudo Bonito (incluindo a faixa-título, exaltação de um belo estético descartado na era da marketização) joga o anzol nesse tempo mas também desvela inéditas que indicam uma continuidade de expectativas. Mesmo quando recorre a um standard como Só Tinha de Ser com Você, o disco foge do óbvio balançando no piano elétrico Fender (item obrigatório para os adoradores da sonoridade dos anos 70) de João Donato, que entorta sua própria Bananeira, parceria com Gilberto Gil, e ao acústico decupa o groove de outra veterana, Sambou, Sambou, com uma pitada de salsa. Este passado de jazzista latino de Donato nos EUA (ele tocou com Mongo Santamaria e Tito Puente) o defronta com outro velho totem meio batido, Drume Negrita, do mitológico Bola di Nieve. Mas se recicla um esquecido afro-samba de Baden Powell e Vinicius de Moraes (Yemanjá , com uma citação de Caymmi na introdução), o disco também propaga a personalidade autoral de Joyce. Numa parceria com Donato (Prossiga, tem o próprio também no vocal), em duas bem humoradas com a falecida estilista Silvia Sangirardi (Galã Tantã, Lamarca na Gafieira) e em outra nostálgica com Paulo Cesar Pinheiro (Anos Trinta), ela se mostra uma sambista pós-bossa nova afinada com o ideário dissonante do movimento.(Tárik de Souza)
Faixas
Ouvir todas em sequência
1 Bananeira Ouvir
(Gilberto Gil, João Donato)
2 Prossiga Ouvir
(João Donato, Joyce)
3 Adolescência Ouvir
(Joyce)
5 Canto de Yemanjá Ouvir
(Baden Powell, Vinicius de Moraes)
6 Drume negrita Ouvir
(Ernesto Grenet Wood)
7 Lamarca na gafieira Ouvir
(Silvia Sangirardi, Joyce)
8 Falta de ar Ouvir
(Lysias Enio, João Donato)
9 Só tinha de ser com você Ouvir
(Tom Jobim, Aloysio de Oliveira)
10 Galã tantã Ouvir
(Silvia Sangirardi, Joyce)
11 Sambou, sambou Ouvir
(João Mello, João Donato)
12 Tudo bonito Ouvir
(Joyce)
 
TUDO BONITO
 
 
MetaMusica