CHOROS DO CEARÁ

Maria do Céu / Francisco Soares de Souza (2000)

2000
Independente
Crítica

Cotação:

A violonista Maria do Céu, ex-aluna de Turíbio Santos, foi buscar no Ceará a inspiração para seu primeiro CD individual. O repertório de Choros do Ceará é dedicado exclusivamente a composições de Francisco Soares de Souza (1905-1986), cearense de Quixadá. Chico Soares, como era conhecido, gravou um único LP, Recital no Clube do Violão, em 1961, e teve músicas registradas por outros violonistas, como Sebastião Tapajós e a brasileira radicada na França Cristina Azuma. No disco, Maria do Céu é acompanhada por Rodrigo Sebastian (baixo elétrico) e Di Lutgardes (percussão) em 11 das 12 faixas, o que acaba por homogeneizar demais o disco. A exceção é a única valsa, Jane, um dos pontos altos do CD, em que a violonista toca sozinha. O toque de Maria do Céu é claro e limpo, por isso é de se lamentar que volta e meia fique encoberto pelos outros instrumentos. Mas isso não prejudica a compreensão dos choros de Soares, naturalmente dotados de um humor peculiar, patente logo à primeira faixa, Caboré 2. Destacam-se ainda Samburá e Aquário. Boa oportunidade de conhecer um compositor de choros pouco badalado fora de seu estado natal.

Como o disco é independente e a distribuição difícil, o contato pode ser feito diretamente com a artista pelo e-mail maria.dc@brfree.com.br.(Nana Vaz de Castro)