PAGODE DE MESA 2 AO VIVO

Beth Carvalho (2000)

2000
Crítica

Cotação:

Beth Carvalho não é fácil! Ela não se dobra aos gigantes da indústria do disco e muda de gravadora quantas vezes forem necessárias para que a qualidade prevaleça em seu trabalho. Pagode de Mesa 2 é sua estréia na Indie Records e de cara apresenta nas quatro primeiras faixas autores pouco conhecidos. Melhor Pra Nós Dois, de Magno de Souza, Maurílio de Oliveira e Paqüera é a melhor delas – os dois primeiros são integrantes do Quinteto (paulista) em Branco e Preto, que também participa da faixa, e a quem a cantora dedica o CD. Magno e Maurílio assinam também A Comunidade Chora, com Edvaldo, que tem refrão chiclete. Água de Chuva no Mar (Carlos Caetano/ Wanderley Monteiro/ Gerson Gomes), que abre o disco, é um samba romântico com melodia inspirada. Novo Endereço (dos também estreantes Tia Hilda Macedo e Fernando Cerole – não confundir com a homônima de Jorge Aragão!) é também um bom samba para levar na palma da mão, com versos inspirados como "meu endereço é felicidade/ esquina com recomeço". No mesmo clima há O Samba Começa Assim (de Flavinho Silva e Adilson Ribeiro, mesmos autores do Bar da Neguinha, gravado no Volume 1 do Pagode de Mesa), um belo samba de terreiro, cuja letra sem grande atrativo serve apenas para apoiar melodia e cadência empolgantes. Aquilo que já foi uma tradição e hoje anda meio em baixa – o samba de protesto – também tem lugar no disco de Beth. Trata-se do incisivo Nossa Pátria Mãe Gentil (de Boneco e Vaguinho – esse, um compositor que Beth lançou com o samba Padroeira, em 1986). Outro grande destaque do CD é o samba Natal Diferente (dos afilhados Arlindo Cruz e Sombrinha), gravada anteriormente no CD Um Natal de Samba que a Velas lançou timidamente ano passado. É uma música que foge totalmente dos clichês do gênero e sobrevive à digestão das rabanadas. Há também recriações de páginas menos visitadas do repertório da sambista, como a bela Coração Feliz (84), Morrendo de Saudade e Escasseia (ambas de 1981) – pena que essa última venha espremida num pot-pourri com Corda no Pescoço (86) e a deliciosa Mole que Nem Manteiga, gravada apenas em compacto por Beth em 80. Poderiam ter sido regravadas na íntegra, sendo o único pequeno pecado do disco. Beth regrava também sambas clássicos como Acontece (Cartola), Coração Leviano (Paulinho da Viola) e Minha Festa (Nelson Cavaquinho e Guilherme de Brito, que Clara Nunes lançou em 73 e Beth já havia relido em 92, só que desta vez sua versão é mais suingada que a anterior). Para completar, ela canta o eterno (porém surrado) choro Carinhoso, que reaparece com arranjo delicado, estilo regional. O CD se encerra com a carnavalesca Firme e Forte (seu hit de 83). Beth aparece mais solta que no Pagode de Mesa anterior, e está muito bem amparada pelos arranjos do maestro Ivan Paulo. Sem sombra de dúvida, um dos melhores discos de samba do ano.(Rodrigo Faour)
Faixas
Ouvir todas em sequência
1 Água de chuva no mar Ouvir
(Gerson Gomes, Wanderley Monteiro, Carlos Caetano)
3 Melhor pra nós dois Ouvir
(Maurílio de Oliveira, Magno de Souza, Paqüera)
4 Novo endereço Ouvir
(Tia Hilda Macedo, Fernando Cerole)
5 Mole que nem manteiga Ouvir
(Bidi)
Escasseia (Zé do Maranhão-Beto Sem Braço-Aluízio Machado)
Corda no pescoço (Almir Guineto-Adalto Medalha)

7 Jequitibá Ouvir
(José Ramos)
Quem se muda pra Mangueira (Zé Com Fome)

8 Natal diferente Ouvir
(Arlindo Cruz, Sombrinha)
9 Carinhoso Ouvir
(Pixinguinha, João de Barro)
10 Coração feliz Ouvir
(Gerson do Vale, Marquinho PQD, Adilson Bispo)
11 O samba começa assim Ouvir
(Flavinho Silva, Adilson Ribeiro, Indaiá)
12 Coração leviano Ouvir
(Paulinho da Viola)
13 Acontece Ouvir
(Cartola)
14 Morrendo de saudade Ouvir
(Wilson Moreira, Nei Lopes)
15 Nossa pátria mãe gentil Ouvir
(Vaguinho, Boneco)
16 Firme e forte Ouvir
(Efson, Nei Lopes)
 
PAGODE DE MESA 2 AO VIVO
 
 
MetaMusica