RAROS COMPASSOS - VOL. 3

Tom Jobim (2000)

2000
Crítica

Cotação:

Apesar de ter até data oficial de inauguração (1958, quando saiu o single Chega de saudade, de João Gilberto) a bossa nova não se fez num dia. O produtor e pesquisador Leon Barg, de Curitiba, levanta nessa compilação de três CDs e 72 faixas, inúmeras provas de resistência às inovações jobinianas que alicerçariam a bossa de João Gilberto. Cantores empostados (ou inexpressivos) de vários calibres – como Luely Figueiró, Delora Bueno, Albertinho Fortuna, Vera Lúcia, Carlos Augusto, José Orlando, Sonia Dutra e Diana Montez – arrombam o intimismo característico das letras coloquiais do movimento. Só para dar um exemplo: Foi a Noite, gravada pela sutil Silvia Telles em 1957, como um dos indícios de que algo estava mudando (o produtor não colocou o gênero no selo, como era obrigatório na época, por não saber definí-lo) ressurge aqui em duas tempestuosas interpretações de Osny Silva e Maria Helena Raposo. Antítese do intimismo, o tonitroante Vicente Celestino dispara o vozeirão do tempo dos discos de cera em Se Todos Fossem Iguais a Você. Até uma ridícula dupla caipira (Mara & Cota) trucida Eu Sei Que Vou Te Amar e Eu Não Existo Sem Você. Mas há várias pérolas que compensam largamente o aspecto trash (que não deixa de ser informativo, ao menos) da coleção. Além de temas instrumentais nunca retomados (Moonlight Daiquiri e Cofee Delight por Léo Perachi e Domingo Sincopado por Edu da Gaita) e outras composições obscuras como Acho Que Sim (parceria com Billy Blanco) numa levada de alto balanço por Elza Soares ou Perdido Nos Teus Olhos e Amor Sem Adeus com Dick Farney, a caixa traz memoráveis desempenhos de Mário Reis (Isso Eu Não Faço Não, O Grande Amor), Isaura Garcia (Meditação, com o orgão lounge de Walter Wanderley), Claudette Soares (Vivo Sonhando), Agostinho dos Santos (Sucedeu Assim), Ana Lúcia (Água de Beber), Sylvia Telles (Mágoa). A caixa deixa claro que na transição do samba canção para a bossa nem todos os tons saíram com a afinação desejada pelo próprio Jobim. (Tárik de Souza)
Faixas
Ouvir todas em sequência
1 Este seu olhar Ouvir
(Tom Jobim)
2 Chega de saudade (Instrumental) Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
3 Eu não existo sem você Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
4 Para não sofrer Ouvir
(Tom Jobim)
5 Amor sem adeus Ouvir
(Tom Jobim, Luiz Bonfá)
6 Só danço samba Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
7 Inútil paisagem Ouvir
(Tom Jobim, Aloysio de Oliveira)
8 Eu sei que vou te amar Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
9 Moonlight Daiquiri Ouvir
(Tom Jobim)
10 Oficina Ouvir
(Tom Jobim)
11 A felicidade Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
12 Sem você Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
13 Esquecendo você Ouvir
(Tom Jobim)
14 Garoto Ouvir
(Tom Jobim)
15 Se todos fossem iguais a você Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
16 Descendo o morro Ouvir
(Billy Blanco, Tom Jobim)
17 Porque tinha de ser Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
18 Sucedeu assim Ouvir
(Marino Pinto, Tom Jobim)
19 O nosso amor Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
20 Só em teus braços Ouvir
(Tom Jobim)
21 Meditação Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
22 Foi a noite Ouvir
(Newton Mendonça, Tom Jobim)
23 Samba não é brinquedo Ouvir
(Tom Jobim, Luiz Bonfá)
24 Por causa de você Ouvir
(Dolores Duran, Tom Jobim)
25 Chega de saudade Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
26 Derradeira primavera Ouvir
(Tom Jobim, Vinicius de Moraes)
27 Valsa Porto das Caixas Ouvir
(Tom Jobim)
 
RAROS COMPASSOS - VOL. 3
 
 
MetaMusica