TEMPO DE AMAR

Rinaldo & Liriel (2002)

Crítica

Cotação:

A inefável duplinha revelada no concurso de calouros do programa de Raul Gil sobreviveu ao teste do segundo disco. Praticamente uma montanha-russa de ritmos, de tão eclético e diversificado, Tempo de Amar reinveste na esdrúxula encruzilhada entre canto lírico e sucessos populares, pinçando músicas de diversos gêneros e idiomas. Há desde o Strani Amore popularizado por Renato Russo a uma ária extraída de La Bohème, com espaço para um "estrangulamento" do pobre Guilherme Arantes (Planeta Água). De qualquer modo, o ibope está garantido.(Nenhum)
Faixas
1 Strani amori
2 Hábito do amor
3 Nessun Dorma
4 Piano
5 Me espere até amanhã
6 Planeta água
7 Alla luce del sole
8 Tempo de amar
9 Here in my heart
10 Canção inesperada
11 Entre o céu e o mar
12 Se eu não te encontrasse
13 O sonhador
14 La Boheme (Quando m'en vo soletta)
 
TEMPO DE AMAR
 
 
MetaMusica