SAMBA ESPORTE FINO

Farofa Carioca / Seu Jorge (2001)

2001
Regata
Crítica

Cotação:

Seu Jorge é um estudioso intuitivo do samba. Inserido na revitalizada onda do samba-rock, o ex-Farofa Carioca escapa de rótulos e estilos justamente ao percorrer todos eles - sempre dentro do território do samba. Seu primeiro disco solo é um verdadeiro tratado de variedade e riqueza musicais, um tapa na cara de quem diz que não há renovação entre os sambistas; tanto há que Seu Jorge se dá ao luxo de trafegar pelos mais diversos sub-gêneros do samba, sem perder a qualidade e a ginga. De quebra, confraterniza as músicas negras brasileira e americana sem medo de ser feliz, numa simbiose bem arrumada.

O samba-rock, de primeira qualidade, dá o pontapé inicial (na faixa de abertura, a ótima Carolina). Daí em diante é tudo festa. Seu Jorge confraterniza-se com a tradição em Samba que Nem Rita a Dora, citando Chico Buarque e Luiz Carlos da Vila - lascando um sambão literalmente de raiz. Outro aceno aos "patronos" vem no partidão de terreiro de Pequinês e Pitbull, bem no estilo de Zeca Pagodinho - homenageado explicitamente na introdução e na quase-imitação do estilo vocal do sambista de Xerém. Também pisa no malemolente terreno do samba-funk, em gradações diferentes: se em Mangueira, o que pesa é o balanço black, em Te Queria, o batuque carioquíssimo domina.

A negritude importada dos EUA dá as cartas com decisão em Funk Baby, digna de um Gerson King Combo da melhor época; e Carlos Dafé, legítimo ícone black brasileiro, solta o gogó desaparecido em De Alegria Raiou o Dia. Dentro deste espectro, o samba-soul (na romântica Mada e na fusão perfeita conseguida com Chega no Suingue) não ficou de fora. Com um leque sonoro tão amplo, Seu Jorge até se dá ao luxo de certas esquisitices (não de todo dispensáveis), como o reggae - com letra ecológica - de Hagua, ou as sonoridades pretensamente orientais de Em Nagoya Eu Vi Eriko, pinçada de Jorge Ben Jor.(Marco Antonio Barbosa)
Faixas
Ouvir todas em sequência
1 Carolina Ouvir
(Seu Jorge)
2 Chega no suingue Ouvir
(Seu Jorge)
3 Mangueira Ouvir
(Seu Jorge)
4 Pequinês e pitbull Ouvir
(Aranha, Gabriel Moura, Jovi Joviniano)
5 Te queria Ouvir
(Elisio de Búzios)
6 O samba taí Ouvir
(Seu Jorge, Sérgio Pell)
8 Samba que nem Rita à Dora Ouvir
(Jane, Luis Carlos da Vila)
9 Madá Ouvir
(Seu Jorge)
10 Funky baby Ouvir
(Seu Jorge)
11 Em Nagoya eu vi Eriko Ouvir
(Jorge Benjor)
12 De alegria raiou o dia Ouvir
(Dom Mita, Carlos Dafé)
 
SAMBA ESPORTE FINO
 
 
MetaMusica